Sistema de monitoramento da Kehua – Parte 2

Por

Por

Sistema de monitoramento da Kehua – Parte 2

No artigo de hoje daremos continuidade à explicação de como o sistema de monitoramento da Kehua funciona e suas ferramentas. No artigo anterior mostramos como as plantas estão dispostas dentro do monitoramento e como os dados são demonstrados na aba Monitoring Center, ou centro de monitoramento em português.

Hoje iremos mostrar como os integradores conseguem obter as curvas de geração da planta e as curvas dos parâmetros de entrada e saída de cada inversor. Além disso, o histórico de erros das plantas e como funciona a aba de relatórios do sistema de monitoramento.

Em Plant Data (figura 1) é possível observar os dados de geração diários, mensais, anuais e totais (figura 1). Para isso basta escolher a opção Day, Month, Year ou Total, selecionar a planta que se deseja obter os dados e o intervalo de tempo correspondente.

Para ver intervalos diferentes, basta clicar no símbolo de + e escolher o novo intervalo de geração que se deseja ver, como no exemplo abaixo (figura 2). Essa forma de visualizar possibilita a comparação entre os intervalos de tempo (máximo de quatro intervalos).

Em Device Data é possível obter os dados referentes a cada inversor. Os parâmetros como potências de saída e entrada, tensão e corrente na entrada e os dados do lado CA são obtidos em curvas e uma lista de informações. Primeiramente, é preciso inserir o número serial do inversor (Device S/N) e selecionar o intervalo de tempo que se deseja observar (máximo de 7 dias). A figura 3 mostra os campos que devem ser preenchidos.

Assim que preenchidos os campos e selecionado Search, o integrador visualizará os dados conforme a figura 4. Observe que os dados estão listados de forma que apareça apenas 100 dados por página, ou seja, para ver os próximos dias é preciso passar para as próximas páginas. É possível, também, alterar para mostrar 150 ou 300 dados por página.

Dentro de Details é possível observar todos os dados referentes ao horário selecionado. No exemplo da figura 5, estão os parâmetros do inversor do dia 12/03/2021 às 13:00.

O próximo passo servirá para observar as curvas dos parâmetros do inversor. Para isso basta clicar em Charting e selecionar na lista de dados disponíveis quais o integrador deseja ver a curva, lembrando que é possível escolher somente 4 dados para serem traçados. Na figura 6, selecionamos os dados de tensão e corrente das strings 1 e 2 que correspondem, também, aos MPPTs do inversor. Inversores que possuem mais de uma entrada por MPPT, aparecerão opções de dados tanto das strings quanto dos MPPTs.

Os dados então ficarão dispostos conforme as figuras 7 e 8. Observe que os períodos de tempo dos gráficos estão diferentes, isso porque em foram selecionados 100 dados por página e 300 dados por página nas figuras 7 e 8, respectivamente.

Para observar mais dias, basta passar para as próximas páginas. É possível, também, aproximar os dados para períodos mais curtos de tempo (figura 9), basta movimentar a barra cinza inferior. E para mudar os parâmetros observados, sempre selecione Charting e escolha novos dados.

Em History Event fica o histórico de alarmes, eventos e falhas que as plantas podem apresentar. Em plantas que possuem mais de um inversor, virá discernido em qual dos inversores a falha está ocorrendo (figura 10). Basta escolher o período de tempo que se deseja ver o histórico e em More (figura 11) é possível escolher a planta específica.

Por fim, em Report mgr. (figura 12) é possível obter relatórios de geração e os relatórios de dados do inversor, ambos em formado .xls. Para isso, basta ir em Add e preencher os dados solicitados.

A. Para obter o relatório de geração, basta seguir o passo a passo abaixo:

a. Selecionar dados da planta e colocar o nome que desejar para o relatório.

 

B. Selecionar a planta desejada e se quiser adicionar mais de uma planta, clicar em Add

C. Selecionar o dado que deseja observar e se quiser adicionar mais de um dado, clicar em Add

D. Escolher o tipo de relatório (anual, mensal ou período personalizado) e clicar em Save

E. Baixar o arquivo

A. Para obter o relatório de dados, basta seguir o passo a passo abaixo:

Selecionar dados do inversor e colocar o nome que desejar para o relatório.

B. Selecionar o tipo do dado (dados de curto prazo ou dados de longo prazo), a planta, tipo do dispositivo (1P PV inv. ou 3P PV series inv.), SN do dispositivo e intervalor de tempo.

C. Seleciona o inversor que deseja observar os dados (até 10). Em plantas com mais de um inversor, é possível retirar os relatórios de vários ao mesmo tempo.

D. Selecionar os dados que deseja obter (máximo de 5) e clicar em Save.

E. Baixar o arquivo

No artigo de hoje falamos sobre a parte de obtenção de dados no monitoramento da Kehua. Nos artigos seguintes falaremos sobre as outras funcionalidades da plataforma, além de falarmos sobre o aplicativo para os clientes finais.

Se você gostou desse artigo, compartilhe com sua equipe e colegas de trabalho. Se você tem alguma sugestão, dúvida ou correção fique à vontade para nos contatar através do e-mail: suporte@fotusenergia.com.br.

Autora:

Catarina M. C. Dagostini – Engenheira Eletricista e parte da equipe de Suporte Técnico na Fotus Energia Solar.