Solução de Limites de Potência nos Inversores GoodWe

Por

Por

Solução de Limites de Potência nos Inversores GoodWe

A função de limite de potência é uma ferramenta crítica dos sistemas fotovoltaicos modernos e tem como objetivo ajudar os usuários a aprimorar e otimizar o autoconsumo, ajudando-os a cumprir com os regulamentos locais da rede. Existem duas formas de limitar a potência, podemos limitar a potência de saída ou limitar a potência de exportação para à rede.

Limite de Potência de Saída

Nos inversores da GoodWe é possível escolher a potência de saída de acordo com um valor desejado. Principalmente, considerando cenários de sobredimensionamento CC e sem cargas conectadas. Para ajustar essa potência, basta escolher a porcentagem limite no visor do inversor. A vantagem é que não há a necessidade de dispositivos adicionais para essa configuração. Abaixo temos um exemplo de limitação, onde no próprio inversor, seleciona-se um limite de 90.9% de sua potência nominal, com o objetivo de se alcançar desejada potência na saída (1MW).

 

Como pode ser visto na imagem abaixo, o limite é uma porcentagem da potência nominal e pode ser ajustada no próprio inversor.

A imagem abaixo é ilustrativa, visto que existem diversos tipos de layouts para os inversores, mas a configuração é bem similar.

Limite de Potência de Exportação

Agora queremos apenas limitar a potência que vai ser enviada à rede (exportada). Por exemplo, digamos que nosso sistema fotovoltaico tenha uma disponibilidade total de 20 kW em sua saída e que as cargas demandem 10 kW. O restante seria destinado a rede, mas por uma limitação física na rede elétrica, apenas 5 kW podem ser exportados. Portanto, o máximo que o inversor vai entregar na sua saída será 15 kW, pois estaremos respeitando o limite de exportação configurado.

A porcentagem limite deve ser definida no visor do inversor.

Porém é necessário um dispositivo adicional para executar essa função, o SEC1000.

O SEC1000 (Smart Energy Controller 1000) é o controle de energia inteligente da GoodWe, no qual executa a coleta e análise de dados em tempo real do sistema. O SEC1000 é necessário e está disponível apenas na GoodWe. Um único dispositivo SEC1000 pode executar a função de limite de potência de exportação de até 60 inversores e a cobertura de comunicação chega a 1000 metros.

Em sistemas monofásico, temos como exemplo, as imagens abaixo, limitações de 0% e 20%. Para 0% de exportação, nenhuma potência é enviada para a rede, atendendo somente as cargas. Com a limitação de 20%, apenas 1kW é exportado dos 5kW total e 2kW é destinado as cargas.

 

Para os casos trifásico, temos um caso, onde deseja-se ter injeção zero na rede. Conforme ilustrado abaixo, configura-se o inversor para não exportar, mas utilizando balanço de fases.

Para novamente um sistema trifásico, porem agora o objetivo é configurar certa quantidade de injeção. Em sistemas com um único inversor, a porcentagem limite de exportação é definida no visor do inversor. Em sistemas com múltiplos inversores, a porcentagem limite de exportação é definida em um software chamado Promate.

Como podemos perceber existem várias soluções e opções na hora de definir a limitação de potência para cada tipo de utilização. E com os inversores cada vez mais modernos e versáteis da GoodWe, fica ainda mais fácil adequar sua instalação!

E aí, gostou deste artigo? Compartilhe!

Ainda restam dúvidas, sugestões ou correções? Mande para gente no e-mail suporte@fotusenergia.com.br